Coleção Noivas

Nossa Coleção “Noivas” foi desenvolvida para marcar um dos dias mais importantes na trajetória de uma mulher. O casamento é a consagração do amor entre duas pessoas e uma joia, a aliança, é o símbolo por excelência e tradição dessa união. A Duo k sabe da importância desse simbolismo e lança uma coleção de joias especiais com peças deslumbrantes, com design único, confeccionadas com muito carinho e sofisticação para representar todo o amor entre o casal.

O que é Zircônia?

A Zircônia é uma forma de pedra, costumeiramente, transparente, podendo ser encontrada também em algumas outras cores, como: amarelo, azul, rosa, verde e vermelho. É possível descobrir este tipo de pedra na América do Norte, França e Itália. O que chama atenção para a Zircônia é que ela pode ser usada como matéria-prima na confecção das mais incríveis semijoias. O modo de fabricação é impressionante e a pedra tem ainda algumas características intrigantes e variadas aplicações.
A Zircônia é encontrada na natureza por intermédio do mineral chamado Baddeleyita, um precioso minério de óxido de Zircônio extraído de muitos cristais monoclínicos prismáticos. Já a Zircônia cúbica é uma maneira artificial feita em laboratório e muito usada como imitação de diamante. Aliás, o diamante também é uma gema natural, o que difere este tipo de pedra da Zircônia é a composição química, claro, e o jeito de lapidação. Cada forma de corte e modelo emprega um tipo de reflexão de claridade, o que está relativo ao brilho da pedra.

Usos da Zircônia

A Zircônia sintética, na maioria das vezes, é utilizada em anéis, colares, pulseiras, brincos e outros acessórios finos e elegantes. O brilho em variações de cores chama bastante atenção, a pedra ainda oferece total versatilidade, quer dizer, é possível combiná-la com todos os tipos e tonalidades de roupas, calçados e demais acessórios.
A pedra transparente também é muito escolhida para fazer o acabamento de alianças pratas ou douradas, uma vez que a transparência garante um visual mais clássico e sóbrio. A pedraria pode circular todo o objeto ou apenas uma parte, conforme o gosto pessoal do casal.
As pedras coloridas também são excelentes nos anéis de noivado, pois são uma opção criativa e de ótimo gosto, por aqui nós adoramos. Essa enorme preferência pela Zircônia justifica-se por conta do preço acessível em relação a outros tipos de pedras preciosas. Normalmente, as pessoas substituem o diamante (instrumento caríssimo) pelas mais variadas cores de Zircônia, ambas pedras são extremamente parecidas.

História da Zircônia

Há relatos de que Zircônia era um anjo guardião enviado ao mundo ainda pela época de Adão e Eva. Muito mais tarde, foi a pedra talismã utilizada por grandes navegadores e viajantes que exploravam o mundo e as novas terras.
Os desbravadores acreditavam que a Zircônia os protegia de bandidos da noite e de várias outras formas de perigo, além disso, as pessoas acreditavam que o minério lapidado atraia grandes fortunas e garantia também um sono leve e calmo, além do espírito renovado. Os viajantes realmente tinham fé de que carregar essa pedra faria com que a admiração e até o carinho de todos os povos dos 4 cantos do universo estariam mais do que certos.
No decorrer da Idade Média, a Zircônia era usada para introspecção. Acreditava-se que a pedra estabelecia a paz, a quietude, a paciência e a percepção. Até hoje várias pessoas fazem uso a pedra na meditação.

Pérolas

Não é de hoje que as pérolas simbolizam a pureza e a beleza. Também são consideradas tanto clássicas como contemporâneas nos dias atuais, pois sai estação, entra estação… Muda o ano, entra ano. Elas estão sempre na moda e nas últimas tendências das passarelas, porém, com uma pitada mais “cool” e “fashion”.
As pérolas são dos materiais de gema que mais cedo foram utilizados para adorno pessoal. Os escritos mais antigos que mencionam pérolas datam de cerca de 2000 anos a.C.
As pérolas eram muito apreciadas desde a Antiguidade. O nome “pérola” vem dos Romanos do latim pirla, diminutivo de pira, palavra com o significado de “formato de lágrima”. Para os Romanos a pérola era um símbolo do amor.
Não se sabe ao certo na história quem exatamente as descobriu, porém durante a Idade Média, nos séculos XIII e XIV, muitos países da Europa proibiram por lei que pessoas comuns usassem pérolas, reservando-as somente às pessoas que faziam parte da aristocracia.
Após a Revolução Francesa, quando as leis discriminatórias foram abolidas, as pérolas passaram a ser consideradas os presentes ideais de noivado e casamento, por inspirar beleza e inocência. A partir disso, é que também começou a tradição de presentear mães com adornos e acessórios feitos em pérolas.
Uma das grandes personalidades do século XX, cuja vida foi marcada por tragédias, glorias, riqueza e política, fez das pérolas sua marca registrada. Jacqueline Kennedy Onassis, um ícone de elegância moderna, usava quase sempre o famoso colar de três voltas e um par de brincos solitários de pérolas, obviamente.

TRABALHE CONOSCO
Vamos conversar?